Pesquise algo

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Sobre o tweet "polêmico" da Vanessa da Mata

Olá, pessoal!

Espero que todos estejam bem e conseguindo sobreviver aos desafios que são impostos pela pandemia de COVID-19 e pela falta de gestão pública, de todos os entes federativos, para o enfrentamento da crise.

O post de hoje é para estimular o debate sobre a repercussão gerada por um simples tweet da cantora Vanessa da Mata sobre poupança.

No Twitter, a cantora disse que é necessário que se poupe 30% do que se ganha.




























A repercussão ao tweet pelo público foi bastante negativa. Em geral, apontou-se que a cantora foi insensível frente ao atual momento que o Brasil está enfrentando, com pessoas vendo suas fontes de renda serem diminuídas pela crise econômica derivada principalmente da pandemia do COVID-19. Logo, foi, pelo público, considerado irreal ter uma poupança de 30% de renda, como defendido pela Vanessa da Matta, especialmente em um momento como o atual.

Porém, este blog gostaria de fazer uma defesa parcial do tweet da Vanessa. Feita a ressalva de que os tempos são realmente mais difíceis e desafiadores do que o normal no Brasil (que já é algo muitíssimo complicado), a cantora está certa no ponto de que manter um grau de poupança sobre a renda é um fato muito importante.

Apesar de ser um desafio para a maioria dos brasileiros, a poupança de um percentual do que se recebe é fundamental para uma vida financeira equilibrada. Afinal, ao se gastar mais do que se recebe, salvo se a pessoa possuir um patrimônio acumulado alto e capaz de suportar o déficit, ocorrerá o endividamento, que é um fato que se deveria evitar.

Portanto, gostaríamos de elogiar a atitude da Vanessa da Mata, mesmo em meio à enxurrada de críticas que ela recebeu, de talvez tentar chamar a atenção da população brasileira para a necessidade de se ter um planejamento financeiro básico, de se gastar menos do que se recebe. É uma realidade ainda muito distante da maioria dos brasileiros, mas é um caminho necessário para que cresçamos como um país mais educado e próspero.

Até a próxima!

5 comentários:

  1. Estamos com Vanessa da Mata e não abrimos. Ela tem razão, aposto que os que os que consideraram irreal são os mesmos que estão fazendo churrasco todo final de semana, geladeira com cerveja sempre, os que não tem condição de poupar isso de verdade não estão no Twitter reclamando, estão na batalha !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, AA40 e Zé Batalha.

      É difícil, é complicado, mas é possível e as pessoas deveriam ter essa consciência.

      Abraço.

      Abraço.

      Excluir
  2. Infelizmente quando se emite uma opinião atualmente, ou você coloca todas as exceções imagináveis e inimagináveis ou logo chega a turma do "paz, amor e respeito todas as opiniões" com o bolso cheio de pedras para lhe atirar. É só olhar ao seu redor. Meu caso, por exemplo, um casal de amigos próximos sempre diz que não dá pra guardar, que é difícil... mesmo com a renda familiar passando facilmente de 10 salários mínimos apenas para o casal. Logo penso o que muitas famílias fariam com uma renda dessa. É claro que o custo de vida é alto, mas não dá pra guardar nadinha? Nem 100 contos por mês pra uma emergência?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso mesmo, PC!

      Inclusive a própria Vanessa da Mata acabou deletando o tweet, em função da pressão que recebeu.

      Abraço.

      Excluir