Pesquise algo

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Vale a pena mudar a estratégia de investimentos?


A expectativa de grande parte dos executivos do mercado financeiro é de que a taxa Selic fique próxima de 4,5% a.a. no final de 2020. 

Esse cenário projetado representa, em teoria, uma dificuldade maior para a obtenção do FIRE baseado em investimentos em renda fixa pós-fixados atrelados ao CDI, já que, com a taxa Selic em queda, o CDI tende, assim, a cair. 

Como a remuneração desse tipo de investimento passa a ser menor, nós, que objetivamos atingir a independência financeira, consequentemente precisaremos, mantida a proporção em carteira de investimento em renda fixa pós-fixada indexada ao CDI, de um prazo maior para concluirmos o plano FIRE. 

Isso parece ruim, claro. Mas não necessariamente significa dizer que o tão sonhado plano de atingir a independência financeira tenha se tornado mais longo ou mais difícil. Respeitando-se os nossos objetivos e o nosso perfil de investidor, quase sempre é viável que melhoremos as nossas taxas de retorno.

Mesmo em um cenário que aparenta ser adverso, é possível encontrar novos caminhos e soluções, que resultem em ajustes pontuais na estratégia de investimento. Por exemplo, pode ser que a diminuição da remuneração na renda fixa torne mais destacada aos investidores a renda variável, atraindo um volume considerável de capital, o que pode acarretar em aumento de preços de ações de boas empresas. 

Para os mais conservadores e avessos à renda variável, há também a possibilidade de se pensar nos investimentos em renda fixa pré-fixados ou até mesmo nos pós-fixados atrelados a outros índices, como o IPCA

E aí, investe em renda fixa pós-fixada atrelada ao CDI? Planeja mudar sua estratégia de investimentos? Qual é a sua opinião sobre o assunto?

Nenhum comentário:

Postar um comentário